Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Silver Wing

She flies with her own wings...

Está perfeito?

Não sei como funciona contigo, mas comigo é assim, quando faço algo raramente fico satisfeita logo à primeira com o resultado final. E isto torna-se um processo tão cansativo para mim que acabo por demorar longas horas e até mesmo dias até chegar a algo que idealizei e que posso dar como produto final. Durante o processo, reflito e volto a alterar tudo, questiono a utilização de cada palavra, penso nas várias alternativas... e às vezes, até fico frustrada comigo mesma por não conseguir fazer melhor e pensar com mais clareza e simplicidade. Sou uma auto-crítica dos diabos! Este processo de reflexão torna-se tão exaustivo que há dias que fico de rastos e sem qualquer energia... 
 
No final, às vezes ainda fico com aquela sensação que podia ter feito melhor, mas sei que o tempo neste aspeto não é meu amigo e que tenho de conseguir equilibrar ao máximo tempo/perfeição. Mas depois de tudo feito, sinto orgulho, sinto que valeu todo o meu esforço, toda a dedicação, cada hora, cada minuto, cada segundo... 
 

saturdaymarch 23, 20194-00 pm.png

 

 
 

A mente imaginária...

Dias cinzentos fazem-me entrar em modo nostálgico. O frio apodera-se do meu estado de espírito e os pensamentos saem nublados e a um ritmo lento. Há dias que a inspiração me falta, na verdade falta-me muito mais do que isso, falta-me aquela sensação de que consigo fazer tudo, que vou conseguir dar a volta por cima... esta amargura consome-me, deixa-me exausta, perdida... 
 
Não sou uma pessoa sociável, muito pelo contrário, sou tímida e dou tudo para estar em casa no meu espaço, rodeada por um ambiente que me reconforta. O silêncio é para mim um tesouro, os momentos de reflexão fazem-me perder a noção do tempo. Na minha imaginação posso ser tudo aquilo que quero, posso ter os amigos que quiser, até posso escolher os seus nomes, as suas características, as suas personalidade! Fico dona e senhora de um mundo só meu e criado à minha imagem! 
 
Depois regresso à dura realidade, ao quotidiano e aos dias cinzentos. Confronto-me que é preciso aprender a viver, é preciso ser-se forte, inteligente e perspicaz. A minha sensibilidade é colocada todos os dias à prova de bala e eu vou resistindo, vou lutando, vou ganhando auto-defensas, vou-me adaptando, vou vivendo, vou respirando... 
 
No fundo sou uma "vítima" da minha mente, porque ela se perde por mundos imaginários... mas não crio expectativas das atitudes dos outros, já não tenho ilusões. A vida é como é, cada um é como é, só tenho que me adaptar e aprender a viver neste mundo real. 
 

You're a victim of your own mind.png

 

 

Dá o máximo de ti...

Aplica-te em tudo aquilo que fazes... Dá o máximo de ti, sempre! Investe em ti, na tua evolução, no que acreditas, nos teus ideias... Não percas tempo com quem te deixa em baixo e em quem só te desvaloriza, em quem não acredita no teu potencial e em quem só te tira a energia. 

 

E quando tentares e não der certo, não te desmotives, aprende a tirar o lado positivo daquilo que não correu bem e diz para ti mesmo "Pelo menos tentei e lutei, agora tenho que acreditar que para a próxima irei conseguir!".

 

Mas isto é assim tão fácil? Não... nenhuma queda é fácil, nenhum momento difícil passa por nós tão rapidamente quanto gostaríamos. Mas cada um de nós tem um modo próprio de lidar com as adversidades da vida, é isso que nos distingue, é isso que nos torna únicos... 

 

If you never try.png

 

Velho sim!... Infeliz, nunca!

Se há coisa que mais gosto, é ouvir aquelas histórias contadas pelos mais velhos, aquelas palavras sábias de quem já passou por muitas adversidades ao longo da vida, de quem mostra saudades de um passado que já não volta, de memórias de uma infância tão diferente dos dias de hoje, de quem nos sabe dar bons conselhos. 

 

É-nos dificil aceitar que o tempo passa, aliás o tempo voa! São as rugas, os cabelos brancos, a falta de memória... Mas a idade não deve ser pretexto para nos sentirmos velhos, mas sim para sermos mais sábios e tolerantes. Até porque a questão não é envelhecer, mas sim ser incapaz de se ser feliz em cada etapa da nossa vida! 

 

IMG_0165-9.jpg

 

Viva pelo prazer! Nada envelhece tão bem quanto a felicidade! 

Oscar Wild

O jogo

Há dias que sinto que a vida é um mero jogo. Um jogo de batalhas, muita luta, alguma estratégia, acrescenta-se perspicácia, avalia-se o adversário... E o jogo começa todos os dias, há peões que saem, outros que entram, ganha-se o direito de avançar mais umas casas cada vez que se lança o dado... E todos os dias me questiono, será que algum dia irei vencer este jogo? Ou serei um mero peão? 

Um dia, este jogo chegará ao fim, mas até lá, estarei sempre pronta para cada desafio!

 

neon.png

 

Acredita em ti!

 

A minha avó tinha o hábito de me dizer:  "Minha querida, tudo o que é teu às tuas mãos há-de vir parar!".... Bom, por muito que goste da minha avó, nunca concordei muito com esta afirmação! Nunca acreditei no que se chama destino. Para mim, o destino somos nós que o criamos, todos os dias, a todas as horas... 

 

Sempre acreditei que conseguia chegar aos meus objectivos, mas nem sempre é fácil, ninguém disse que era fácil! Há dias difíceis, complicados, longos em se coloca tudo em causa, que só nos queremos isolar... Já passaste por isto, certo? Então sabes do que falo! Nestes dias, assim que chego a casa, deito-me na cama e penso: "Eu vou conseguir ultrapassar. E quando ultrapassar serei mais forte. Eu vou conseguir. Amanhã é outro dia!" 

 

Cada pessoa sente as coisas do seu modo, com o seu próprio estilo e forma de estar. Eu procuro apelar ao meu estado calmo, acompanhado ou não com algumas lágrimas que me aliviam a pressão e a tristeza, mas assim que este mau momento passa, encho os pulmões e começo novamente a pensar e acreditar em mim, nas minhas capacidades, na minha força!

 

E quando tudo parece cair e desmoronar-se à tua volta:

  • Pára e respira. Estar num estado de ansiedade e nervosismo em nada te vai ajudar. Parar para pensar, encontrar outro ponto de vista para tentar resolver o problema, vai-te ajudar a acalmar e pensar com mais clareza;
  • Pensa em ti. Se não pensares em ti primeiro, infelizmente talvez ninguém o irá fazer. Não é egoísmo, é uma auto-defesa, é isso que te mantém forte; 
  • Mantém-te fiel a ti mesmo(a). Se erraste, assume os teus erros, mas mantém-te sempre fiel aos teus principios.
  • Procura ajuda. Procurar ajuda de um(a) amigo(a) em quem confies. Felizmente haverá sempre quem nos quer ajudar a encontrar uma solução para o nosso problema.
  • Faz algo relaxante. Eu tenho o hábito de ouvir música, ler um livro,...  

E pensa, tudo o que não te derruba só te torna mais forte! 

 

20018511_FRlRO.png

 

 

 

 

 

Óscar... my boy!

 

IMG_5594-2.jpg

 

IMG_5595.jpg

 

IMG_5612.jpg

 

IMG_5614.jpg

 

Quando te vi pela primeira vez naquele canil, estavas assustado, tinhas um olhar triste, como de quem não percebe porque foi abandonado pelos próprios donos... Demos um passeio juntos pela primeira vez, foste timidamente ao meu lado, mas sempre encostado às minhas pernas, como ainda hoje o fazes. Naquele dia queria logo te tirar dali, mas ainda estive que esperar uma longa semana... 

 

És nervoso, mas ao mesmo tempo muito carinhoso e atento! Adoras quando te chamo "my boy" e te dou caricias no teu focinho! Dás-me a pata a pedir-me mais e és um guloso de primeira! 

 

Adoro sentir o teu pêlo, ouvir os teus longos suspiros e olhar para os teus belos olhos cor de avelã!

 

Obrigada Óscar por fazeres parte da minha vida...  

Pág. 2/2

A Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D