Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Silver Wing

She flies with her own wings...

#8 Desafio palavras [quase] perfeitas » Saudade

Hoje, última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. A palavra do mês de Julho foi Solidão.

 

 

roman-kraft-60298

 Foto de Roman Kraft via Unsplash

 

É tão difícil perder alguém que nos é querido... É tão difícil pensar no passado e nos lembrarmos dessa pessoa... É tão difícil saber que podia ainda estar aqui, mas não está! 

 

Estas palavras vou dedicá-las a ti, meu querido avô.

 

Foste cedo demais e nem tiveste tempo para me ver crescer. Nos teus olhos via a alegria que sentias em me teres como tua neta e os abraços que me davas eram tão apertados, que eu mal conseguia respirar, mas sabiam tão bem!... Hoje parece que ainda sinto o teu cheiro e já lá vão mais de vinte anos! Muitas das características pessoais minhas são tão semelhantes a ti, revejo-me no teu olhar e no teu sorriso, na tua boa disposição e alegria constante. 

 

Todos os dias tu estás presente em mim, apesar de não teres tido a oportunidade de me acompanhares e eu não ter tido a oportunidade de te conhecer melhor, aprender contigo, conviver contigo, brincar contigo... mas principalmente ESTAR contigo! 

 

Sabes, hoje sinto-me em paz! Eu sei que, onde quer que estejas, tu sabes isso... Sabes, sinto-me feliz por ter tido um avô como tu, porque foste e sempre serás uma pessoa muito especial para mim. A doença levo-te para bem longe de todos nós, mas a tua essência e alegria contagiante fará sempre parte dos meus dias! 

 

 

Sinto saudades tuas... Se me lembro se ti? Todos os dias... Que estejas em paz avô! 

 

 

 

 

 

 

 

 

#7 Desafio palavras [quase] perfeitas » Solidão

Hoje, última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. A palavra do mês de Junho foi Resilência 

 

 

jeremy-wong-298986

imagem Jeremy Wong em Unsplash

 

 

Não, não tenho medo de um dia ficar sozinha, confesso que não... tenho medo de um dia, por alguma infelicidade da vida, não conseguir acompanhar a velhice dos meus pais e deixá-los sozinhos, sem apoio, sem ajuda... tenho receio de não conseguir ajudá-los, de lhes dar um abraço e reconfrontá-los nos meus braços, como quem diz baixinho "Estou aqui, agora quem cuida de ti, sou eu!". Tenho medo de não ter rendimentos suficientes para os ajudar a ter uns dias melhores, a manterem a qualidade de vida que merecem... Ser filha única, é ter esta carga nos ombros, é pensar nisto algumas vezes e sentir o coração pequenino.  

 

Nunca tive medo de estar sozinha, apesar de não me agradar a ideia, não vejo isto de uma forma negativa. Estou convicta que encontrarei formas de me manter ocupada e passar os meus dias de um modo mais calmo e refletivo. Não vejo a solidão em mim, mas sinto muito a solidão das pessoas das pessoas que amo. ♥ 

 

A solidão está na nossa mente, bem dentro de nós, no nosso estado de espírito. Podes estar rodeada(o) de pessoas, mas sentires-te sozinho ao mesmo tempo. Podes estar no meio de uma multidão e não conseguires absorver as energias que te rodeiam. Como podes estar realmente sozinho e não te sentires só, porque haverão sempre mil e uma formas de interagir com o que te rodeia e viveres feliz à tua maneira ♥ 

 

 

 

Procura não estar rodeado de pessoas erradas

Esta sim, é a pior solidão!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

#6 Desafio palavras [quase] perfeitas » Resiliência

Hoje, última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. A palavra do mês de Maio foi Esperança

 

caminho de volta

 

Palavra "cara", mas com um significado tão simples "processo de voltar ao estado natural". Na vida, voltar ao estado normal, para mim, é voltar à minha zona de conforto, aquela que procuro sempre em alturas críticas, nos momentos maus que parece que tudo me foge por entre os dedos, em que o estado de desespero se vai apoderando de mim. Essencialmente é "vir ao de cima", porque voltar ao estado normal, nunca mais será possível...
 
Este retorno à dita "normalidade", na verdade é tudo menos natural, porque depende de muitos fatores, depende essencialmente de mim, da procura incansável das minhas forças, no acreditar (sem acreditar) no que consigo fazer, com quem consigo lidar, com o meu amor próprio. 
 
Neste retorno já não sou a mesma, mudei com as circunstâncias, com o tempo, mudei a minha perspetiva, mudei a minha maneira de pensar, de agir... Sou diferente, mas serei melhor? Assim o espero... Procuro sê-lo, procuro refletir sobre o que me fez ir tão "abaixo", procuro ser uma pessoa melhor, quer para mim mesma, quer perante os outros...
 
Mas sabem, a minha essência está cá, as minhas mágoas cá ficam, o meu passado faz parte de mim, e isso não muda, nunca muda... mas vai-me modelando, vai-me guiando, vai-me ensinando, que a vida está muito longe de ser perfeita.
 
 
 
 
 
 

#4 Desafio palavras [quase] perfeitas » Liberdade

Hoje é a última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. No mês de Janeiro a palavra foi "Acreditar", em Fevereiro surgiu a palavra "Magia",  em Março Melancolia. Abril, surge a palavra Liberdade ♥

 

hipster-mum-102826

imagem Unsplash

 

 

Estás a ver este balão? Imagina tudo aquilo que tens em mente guardado dentro daquele balão... as preocupações, os sentimentos, as recordações... A nossa mente está tão cheia quanto este balão! E todos os dias andamos constantemente a enchê-lo com pensamentos que, nem sempre, são realistas e que nos deixam ainda mais preocupados... 

 

Nos dias de hoje vejo as pessoas demasiado concentradas no seu quotidiano, nas suas vidas... com os olhos enfiados nos telemóveis, na publicidade, na televisão. Falta-nos, muitas vezes o convívio, as gargalhadas, os encontros, os abraços! A própria sociedade nos leva a ser consumistas, "convidando-nos" a comprar mais e mais, a vivermos demasiado preocupados com o dinheiro, com os bens materiais...  Infelizmente, a nossa liberdade de escolha é "quase" que condicionada por estes estímulos de informação, de necessidade de procura por bens materiais, que intencionalmente ou não, nós achamos que nos irão trazer felicidade... 

 

A liberdade é um direito nosso, que nos pode levar à felicidade! Quando os pensamentos te atormentam, não os leves tão a sério, liberta-te deles! Não penses demasiado no dinheiro, nas opiniões dos outros, nas influências externas... Pensa em ti, apenas em ti, no que te irá fazer feliz e liberta-te! Abre aquele balão de ar e deixa ir... Deixa ir quem não te faz bem, o que não te faz feliz, o que te impede de seguir o teu caminho! A Liberdade é isto! ♥

 

A Liberdade está em ti!

♥ 

A Liberdade é não ter medo!

 ♥ 

A Liberdade é o oxigénio da alma! 

 ♥ 

Encontra-te

 

 

 

 

 

 

 

 

 

#3 Desafio palavras [quase] perfeitas » Melancolia

Hoje é a última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. No mês de Janeiro a palavra foi "Acreditar", em Fevereiro surgiu a palavra "Magia". Em Março a palavra é Melancolia! 

 

sorri

 

Quando penso na palavra melancolia só penso em lembrança e nostalgia! Vêm-me à memória o passado, as pessoas com as quais tive o prazer de me cruzar e outros tantos momentos que nunca irei esquecer... 

 

Começo a acreditar um pouco no destino, as pessoas que se cruzam no nosso caminho não é por acaso que chegam e também não é por acaso que saem da minha vida... E é aqui que entra o meu estado melancólico, recordo com saudade uma grande parte do meu passado, da minha infância, da minha adolescência, até do meu casamento que entretanto terminou... Da maioria das pessoas ficou a amizade, não que fale com elas todos os dias, mas deixaram em mim um marca, evolui com estas amizades e com estes amores! Cada pessoa deixou em mim, um pedacinho dela e é com muito gosto que guardo apenas o lado bom destas pessoas!

 

A recordação para mim tem uma ligação à melancolia, porque sei que os momentos do passado não voltaram, mas ao mesmo tempo dá-me coragem para enfretar os novos desafios que o futuro me reserva. Acredito que o meu positivismo só atrai para a minha vida o melhor, quer sejam pessoas ou momentos, por isso, se vierem praticar o bem, façam o favor de entrar na minha vida ♥ 

 

Sê a energia que queres atrair! ♥

 

#melancolia ♥ #recordação ♥ #omelhordemim

 

#desafioaspalavrasquaseperfeitas

 

 

 

 

 

 

 

A Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D