Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Silver Wing

The Silver Wing

#11 Desafio palavras [quase] perfeitas » Silêncio

Hoje, última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. A palavra do mês de Outubro foi Felicidade

 

jason-rosewell-60014

Photo de Jason Rosewell em Unsplash

 

 

Quantas vezes te mantiveste em silêncio quando a tua maior vontade era gritar?

Quantas vezes te mantiveste em silêncio quando a tua mente estava tão barulhenta?

Quantas vezes te mantiveste em silêncio porque não conseguias dizer o que o teu coração sentia?

Quantas vezes te mantiveste me silêncio por não conseguires sequer pensar?

...

 

Inúmeras foram as vezes em que me mantive em silêncio quando deveria ter dito o que sentia, dar voz à minha opinião e aos meus ideais, mas o confronto nunca foi o meu "forte" e, muito sinceramente, houve alturas em que a situação em si, não merecia o meu esforço, e talvez por isso me remeti ao silêncio. 

 

O silêncio é por si só, uma bela arma de defesa, mas ao mesmo tempo guardar tudo para nós só nos torna mais isolados e nos provoca mais sofrimento. É tão bom dar voz aos nossos pensamentos no momento certo, mas nem todos nós sabemos medir o peso das nossas palavras. É esta dicotomia com que diariamente me deparo, o falar v.s. o não falar, sou muito ponderada nas palavras que digo mas tenho a tendência para dizer tudo nos priores momentos, porque tal como eu, quem guarda tudo para si, irá haver um dia que não haverá "filtro" que salve tanta fuga desesperada de palavras. 

 

 

O silêncio diz muito mais do que aquilo que pensas...!

 

#2 Desafio palavras [quase] perfeitas » E tu acreditas em magia?

Hoje é a última quarta-feira do mês e como tal venho responder ao desafio foi lançado pelo blogue "a vida não tem de ser perfeita" ♥ (http://avidanaotemdeserperfeita.blogspot.com), da autora Cris Loureiro. A ideia é publicar um post, na última quarta-feira de cada mês, sobre uma palavra. No mês de Janeiro a palavra foi "Acreditar", este mês a palavra é "Magia". 

 

 

magia

 

 

Sabes quando no inverno vais até à beira mar, ouves o som do mar e sentes ao de leve os pingos de água na tua face?

Sabes quando vês aquela pessoa que tanto gostas e parece que se formam borboletas que vão subindo do teu estômago até à tua garganta?

Sabes quando ouves aquela música preferida e te recordas de alguém especial e sentes um arrepio inexplicável?

Sabes quando encontras algo em casa que te faz lembrar algum momento especial e ficas a viajar no tempo?

Sabes quando revês aquelas fotografias antigas e te lembras dos momentos que já passaram e não voltam?

....

 

São momentos que geram em mim sentimentos que não se conseguem explicar e fazem parte da magia da vida. Vou ao encontro deles sempre que a energia me falta, e acredito que a energia que recebo é uma dádiva do universo, que nem sempre conseguo extrair a meu favor. 

 

É o vento que corre numa noite quente de verão, é o cheiro da terra molhada, é o toque da areia do mar molhada nos pés, é a energia dos raios de sol... É o sorriso de alguém especial para ti, é o som daquela tua música preferida...

 

Eu acredito na magia dos pequenos promenores, acredito na paz que eles me transmitem e na mensagem que trazem, porque se eu não acreditasse que a vida me consegue sorrir mesmo nos piores momentos, nunca encontraria a magia que ela me esconde.  

 

 

 

 

A Autora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Grupo Facebook | vidas [quase] perfeitas

Instagram @thesilverwingblog

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D